24 fevereiro 2015

Procurar de olhos fechados

4 comentários
Intriga-me a falta de vontade e empenho com que algumas pessoas desempregadas procuram trabalho. Sobretudo jovens. Ou talvez me faça confusão que haja tão pouca necessidade de se sentirem úteis à sociedade, de se dedicarem a alguma coisa...com sorte de aprenderem coisas novas. 
Eu gosto de preguiça e metade dos dias não me apetece ir trabalhar. Mas sei que o pior que há é estar parada por falta de alternativa...sinto uma angústia crescente na maioria dos dias e não a sensação boa de férias, de dias sem obrigações ou planos.

Pior de tudo é ver pessoas a desperdiçarem oportunidades pertinentes, nem mostrarem interesse, na área em que estudaram. Isso é só irritante. 

Isto tudo porque navegando no linkedin dei com uma pessoa (ex colega) que contactei há uns meses para saber se estava interessada numa vaga temporária...no perfil ainda a mesma mensagem "à procura"...  







20 fevereiro 2015

Weekeeeeeeend!

2 comentários
Finalmente! 
Era só isso.
Esta semana custou-me, acho que foi por me sentir um underdog por não ter tido tolerância de ponto.
Para o fim de semana tenho grandes planos claro, como qualquer blogger que se preze*!

















*um grande cesto de roupa para lavar, um ainda maior para passar, uma grande lista de compras de supermercado, muito sono, muita coisa para arrumar (ainda da mudança),.... 

18 fevereiro 2015

Partilha rápida de fofinhices

0 comentários
Ok..não resisto a partilhar isto num instante 

O homem mais velho da Austrália tricota camisolas para pinguins. 
Comentários sobre newsvalue e lógica de vestir animais à parte, atentem nos detalhes deliciosos da primeira foto que aparece no site do DN...uma camisola com a imagem da Penguin books, outra com detalhes de bicharada marítima, ... Demais! 

16 fevereiro 2015

Imposto verde e outros recicláveis

0 comentários
Então os senhores do governo, sob o manto da ecologia, decidiram taxar a utilização de sacos de plástico. Aqueles que já eram tão fininhos que se rasgavam com um pacote de cartão e outros que nem tanto. Coisa pouca, o valor de um papo seco paga um saco. 
Assim, o governo conta pôr nos cofres do estado um número simpático - que nos indica que realmente consumimos sacos para caraças. 

Mas o povo não gosta de impostos e os chefes da grande distribuição já sabem isso. Então bora contornar a coisa...quer dizer, arranjar alternativas. Apresentam o saco mais forte e livre de impostos. O preço? O mesmo, mais migalha menos migalha. Só que vai para um cofre diferente. Simpáticos os senhores, safam-nos do imposto. 

Posto isto, eu que sou poupada até posso abdicar dos sacos necessários. No entanto tenho de comprar sacos de lixo, que ficam mais ou menos ao mesmo preço - os mais baratos - e são maiores. Boa. Mas eu não os encho, que horror, que aquilo ao fim de uns dias tem um cheiro que não se aguenta. Portanto para não pagar sacos mais pequenos, pago outros maiores e mais poluentes, a que dou o mesmo uso com a mesma frequência dos outros. E ainda tenho de acartar com as compras em sacos maiores e pesados - o mesmo conceito que desde há muito me fazia ir mais longe ao continente ou jumbo para não ir ao pingo doce jogar tetris com as mercearias dentro dos sacos*

Achei uma excelente medida. Para a grande distribuição, naturalmente. 

*penso que agora se chama candy crush saga a este jogo. Não sou adepta. 

13 fevereiro 2015

Sem ideias

2 comentários
Sete e meia da noite de sexta e eu não tenho prenda para o namorado. Espero que ele não tenha comprado nada...

11 fevereiro 2015

Atendimento e coisas minhas

2 comentários
Uma das coisas capazes de me alegrar o dia é ser bem atendida num sítio. A sério, fico mesmo contente. Talvez seja porque, regra geral, por Lisboa somos atendidos por pessoas que economizam na vontade de ser simpático/afável/um pouco mais que competente....adiante...

Na segunda, lastimável ultimo dia de férias, devia estar com um karma fabuloso porque fui sucessivamente bem atendida. Mas assim acima de bom serviço.

Por mais tonto que pareça, foi o suficiente para tornar o dia leve e mais agradável enquanto corria as capelinhas todas e tratava da vida. 

Serei a única?

06 fevereiro 2015

Arrumações em modo intensivo

1 comentários
Depois de encaixotar, encher carros (várias vezes), carregar e empilhar, chega a hora de arrumar tudo e começar a dar um aspecto habitável ao sítio. Tenho-me sentido muito produtiva esta semana...a urgência de ter tudo feito tem exerce a sua pressão e já tenho muita coisa adiantada. 
O problema agora é ter pouca arrumação (como??!) e tralha a mais. Isso e a quantidade de roupa por passar que não vou poder adiar muito mais. 

Apesar do caos instalado numa divisão, o resto da casa já está bastante habitável... Dentro do possível. E está bem gira a minha casita! 



Uma das muitas imagens armazenadas no meu pinterest para inspiração. Via Love Chic Living. 

03 fevereiro 2015

Mudanças

5 comentários
2015 promete ser um ano de mudanças para mim. Janeiro já foi um bocado e Fevereiro vai ser O mês das mudanças.
Em particular, vou mudar de casa. Ou melhor...tenho estado a mudar de casa.

Hoje, terça, tenho a missão de embalar 3 ou 4 ziliões de coisas, libertar móveis (poucos, felizmente) para amanhã fechar o que falta e decretar-me oficialmente residente na casa nova.

Boa sorte para mim!

02 fevereiro 2015

Um chá e um desabafo às 3 da matina

0 comentários
Estou farta deste frio que me deixa a pele numa desgraça, que me deixa o cabelo em pé (literalmente), que não me seca a roupa (problema sério...já estou farta de voltar a lavar coisas porque ficam a cheirar a mofo). E desta gripe que me dura há 4 dias. Entre outras coisas. Not in a good mood.

Que a semana seja melhor que esta madrugada de segunda-feira :)