03 maio 2015

Abril




Bom dia. - faz parte da boa educação 
Sim, tudo bem. - ninguém espera outra resposta 
Concentração. Trabalhar, apresentar resultados, resolver questões - afinal é para isso que lá estamos
Sorrir quando a conversa requer.
Pôr a mão no peito. Segurar o coração que quer saltar pela boca.
Casa de banho. Deixar finalmente as lágrimas assomarem aos olhos. Olhar para cima e secá-las, afinal apenas o rímel é à prova de água. 
Respirar fundo. Voltar. Cara alegre. 
Repetir. 
Contar os segundos para poder ir embora. Não há compromissos, não há tarefas. Mas é demasiado ter de ficar ali mais um minuto. 
Sair. Fugir. Entrar no carro. 
Chorar. Finalmente, chorar. Acalmar. Seguir caminho. 
Chorar. Libertar a mente do foco a que o trabalho obriga. Chorar até casa porque ninguém está a ver. Finalmente. 
Entrar em casa. Que confusão. Mas assim parece menos vazia. 
Deixar as lágrimas correrem até esgotarem. Amanhã haverá mais. 
Ninguém viu. Não aconteceu. 

Sim, está tudo bem. Não que alguém tenha realmente perguntado.

4 comentários:

Anónimo disse...

Eu aproveito e realmente pergunto: esta tudo bem?
Beijinhos

Mnemósine disse...

Nop, not really..

GATA disse...

Se te serve de algum consolo, deixa-me dizer-te que entendo muito bem este teu texto...

Mnemósine disse...

Gata! Não me consola que o mal dos outros não me traz alegria. Como é que se pára isto?