24 setembro 2012

PNC

Estou aqui feliz da vida porque descobri que foi criado o PNC - Plano Nacional de Cinema, à semelhança do de Leitura que me pareceu sempre um incentivo essencial para pôr as crianças e jovens (e muitos pais) no caminho certo destas coisas das letras. Porque há demasiados livros muito maus. E filmes é o mesmo, se não pior.

E a selecção para o PNC parece-me bem:
"Obras de Charlie Chaplin, Tim Burton, François Truffaut, Spielberg, Scorsese, Abbas Kiarostami, Manoel de Oliveira, Fernando Lopes, Luís Filipe Rocha, Edgar Pêra, João Salaviza, Regina Pessoa fazem parte do programa do Plano Nacional de Cinema (PNC), criado pela Secretaria de Estado da Cultura e pelo Ministério da Educação e Ciência"
Ípsilon, Público.

Nice!

5 comentários:

Pepper disse...

Parece-me lindamente! Vou cuscar isso.

Bjs

Corvo disse...

...porém, que tu ó deusa da memória, nunca desvalorizes um mau livro.





Como poderíamos nós entender que algo é bom, quando nunca se experimentou o mau?

Mnemósine disse...

Good point, Corvo.

Mas como saber que é mau se nunca se tiver a oportunidade de conhecer o bom?
É que o mau engana...

Neste caso, começar é o mais difícil.

Corvo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Corvo disse...

Pois... essa cena dos "bodes expiatórios" também há muito que estão na moda.





Afinal, o bode expia ou espia?
Provavelmente... nem bode alguma vez foi ;)