22 março 2012

Faço questão

Hoje estou muito ocupada a tentar arranjar transportes de preço inferior à conta do supermercado (desta semana), pelo que este post é uma greve*.
Podem agradecer aos serviços mínimos da Metro Lisboa. Quais? Pois.


*Ah não, isto afinal é um post para dizer que para mim greve é ir para o trabalho e não trabalhar como acção de protesto, não é dormir até tarde e ir para o centro comercial passear pelas lojas.

3 comentários:

GATA disse...

Bem, o metro quando adere à greve, não tem serviço. Mas a Carris quando adere à greve, tem serviços mínimos... Mas, na realidade, uma pessoas não sabe se há autocarros ou não - uma festa!

S* disse...

eheheh Greve para mim é dia de muiiiiito trabalho.

Fuschia disse...

Eu tirei o dia de férias, mas não há férias que cheguem para as greves que há, não há mesmo. O meu principal problema é quando não fazem comboios para Roma Areeiro. Tipo, chego ao Rossio e depois venho para aqui como, a pé? 1h?