01 fevereiro 2012

Ódio de estimação CXLVII

Acordar com uma música na cabeça, cantorolá-la durante o tempo que passo em casa antes de sair, chegar ao metro, pegar no aparelhómetro e ver que retirei a dita música há coisa de dias.

D'oh!

1 comentários:

GATA disse...

Ui... tu monta JÁ um consultório de vidência! Olha, a bela vida quem tem a Abelha!