23 janeiro 2012

Ora bem

Carissimos,
vocês sabem que para este país andar para a frente (e não continuarmos a passar a vergonha de ter um Presidente da República pobretanas) há-que apoiar algumas áreas importantes, sendo uma delas a investigação em vários campos. Certo?

Então vamos lá ajudar a Cátia, que é uma investigadora do SexLab da Universidade de Aveiro que está a trabalhar sobre a dor sexual e crónica nas mulheres. A participação tem ficado aquém do necessário por isso a Cátia pede que participemos e divulguemos.

Copio a informação:

"Encontra-se neste momento a decorrer um estudo online intitulado "Determinantes Psicossociais da Dor Sexual na Mulher", integrado no Projecto de Doutoramento em Psicologia Clínica da Mestre Cátia Oliveira, sob a orientação do Prof. Dr. Pedro Nobre e da Prof. Dra. Sandra Vilarinho.

Solicitamos a participação de mulheres dos 18 aos 75 anos de idade, nomeadamente mulheres que apresentem dor sexual, mulheres que apresentem dor crónica, mulheres que apresentem dificuldades sexuais e mulheres que não apresentem nenhumas destas dificuldades.

O principal objectivo do estudo é contribuir para a compreensão do perfil psicossocial das mulheres portugueses que apresentam dor, nomeadamente dor sexual. Pretende-se igualmente avaliar a presença e importância das dimensões cognitiva, afectiva, relacional e orgânica na dor sexual, nomeadamente a forma como estas dimensões se associam para explicar a dor e respectiva intensidade no contexto sexual.

Para participar basta clicar no seguinte link: http://wsl2.cemed.ua.pt/dpdsm/.

Todos os questionários são completamente anónimos, não sendo pedidos dados que possam identificar as pessoas que a eles respondam.

Qualquer tipo de informação adicional poderá ser solicitada através do email catioliveira@gmail.com.

Agradecemos desde já a sua participação."

1 comentários:

GATA disse...

Eu tenho dor crónica, mas é a nível de músculos e tendões. De momento, não padeço da referida patologia, pelo que -acho- não me enquadro no perfil. Mas vou espreitar!