05 dezembro 2011

Amor de Perdição CXL

Rir até doerem as bochechas. Ou a barriga. Ou tudo.

(Mesmo que seja em frente ao computador, que hoje em dia não há nada tão real como falar por chat, mensagens, emails e afins - a distância é um detalhe)

Haja boa disposição.

2 comentários:

Cláudia Rodrigues (sim, sou eu mesma) disse...

Já te disse que (mesmo sem conhecer-te) te acho boa como o milho? ;)
Bj

Mnemósine disse...

É pá não mas olha que sou mesmo! só é pena o mau feitio, é por isso que ninguém me pega!