25 outubro 2011

Ódio de estimação CXXXV

Mexem-me com os nervos as pessoas que, sendo totalmente desorganizadas, não se deixam ajudar pelas pessoas que são organizadas, mesmo vendo que o resultado disso é asneira e stresses que se podiam ter evitado.
(então quando quem resolve as coisas não são os próprios...)

7 comentários:

Niki disse...

Bem, vim parar aqui e pensei "devo seguir ou não, se calhar não sou bem vinda" mas depois pensei que sou uma desorganizada em recuperação e por isso se calhar não faz mal! :)

Krystel disse...

Ora, nem mais. Cruzo-me com pessoas assim antas e tantas vezes. Serei eu que sou demasiada organizada?

Mnemósine disse...

Niki, és mais que bem-vinda. São todos.
A desorganização em si não é um problema, todos temos pontos em que somos menos bons mas é importante percebê-lo e não deixar que isso prejudique o que fazemos (seja profissional ou pessoalmente). Às vezes isso passa por deixar que os outros façam o que nós não fazemos tão bem.
O que me mexe com os nervos é as pessoas não tomarem essa atitude nem quando são convidadas a passar essa tarefa.

Mnemósine disse...

Krystel, talvez sejas mas como há tanta gente que é incrivelmente desorganizada... é a balança a equilibrar-se. ;)

Anónimo disse...

Nem de propósito! O meu chefe é desorganizado...muito mesmo...e nem admite ou se apercebe que é (ou se faz de estúpido também, vá!) e causa estragos a torto e a direito e lá entro eu de bombeiro a resolver as coisas!! Claro que depois demoro o dobro do tempo, do que se me tivesse dado as coisas logo de início, porque entretanto já passou o prazo, porque é preciso uma autorização (que a fazer-se as coisas a tempo não seria necessária) porque etc etc. E justamente hoje (ainda só é 3ª feira) foi um dia absolutamente caótico a esse nível!!! Roguei-lhe tantas pragas, poupem-me! Que desapareça, que vá de férias, qualquer coisa, mas que desampare a loja, pelo amor da santa, que fique quieto e calado!! Que Deus me dê paciência, porque se me dá força...;)

Mnemósine disse...

São muitos eles, e andam por todo o lado!

Mas também já conheci e trabalhei com/para uma pessoa que consciente da sua desorganização pedia que lhe organizassem tudo. E resultava, sempre que se lembrava de seguir o método...

Rachelet disse...

Isso para mim é a visão do Purgatório - se bem que sou daquelas cuja organização e eliminação do superflúo raia a desordem obsessiva-compulsiva...