16 outubro 2011

É interessante como em todo o lado surgem opiniões válidas e bem fundamentadas sobre as medidas que vão sendo impostas pelos governos, cortando nos rendimentos e aumentando nos custos. Certo que estas opiniões surgem pelo meio das outras sem grande estrutura de quem apenas não quer que lhe metam a mão no bolso porque afinal "não têm nada a ver com isso".
Como dizia a S* num comentário, somos mansos, mas creio que se o actual governo não começa a tratar de responsabilizar quem fez merda - e não foi só o Sócrates - e a cortar na mama de quem se habituou à vida boa e fácil, acabará também ele (o executivo todo, mas sobretudo o Passos) por ser linchado juntamente com os restantes.
Até porque quem dá a cara são eles, e há quem só veja desde há 5 minutos atrás até daqui a 5 minutos.

4 comentários:

GATA disse...

Somos mansos... e parvos!!!

A situação arrasta-se há anos e tanto o PS como o PSD (que têm sido governo alternadamente) têm culpas no cartório. E tanto um como outro, perante situações de crise, cortam sempre na receita, nunca na despesa!

Eu sei de 'merdas' governamentais que se abrisse a boca, aparecia morta...!

Mnemósine disse...

E eu continuo a conhecer situações ridículas que se arrastam há anos e que nunca ninguém quis mudar. Como os juízes a receberem subsídios de tudo ou os militares que tendo casa onde morar no local para onde vão trabalhar ainda recebem subsídios de alojamento. etc etc.
o dinheiro que se poupava só em tornar estas questões claras e justas? não era preciso tirar direitos a ninguém, apenas não os duplicar.

S* disse...

Ai que as pessoas queixam-se, queixam-se, e não fazem nada. :(

Mnemósine disse...

Pois não. A questão é, vamos fazer o quê?
Lembro-me sempre do mesmo exemplo - greve dos camionistas. Nunca vi nada tão efectivo, simplesmente pararam o país. Terá a população organização e coragem suficiente para exigir alguma coisa? Sinceramente, não acredito.