13 outubro 2011

Amor de Perdição CXXXII

A memória olfactiva e aquele momento em que um cheiro nos leva de volta a um momento, apenas por um bocadinho.

3 comentários:

GATA disse...

Também padeço do mesmo 'mal'. Eu dou importância aos cheiros (p.e., gosto muito de um homem bem-cheiroso).

macaca grava por cima disse...

um dos meus grandes amores de perdição... sem dúvida!

Krystel disse...

Um dos meus grandes amores e ódios de perdição...andam sempre de mão dada!