29 junho 2011

(sem título)

Acho que 2011 é o primeiro ano desde há muitos em que os festivais de verão estão prestes a começar e eu nem hesitei em comprar ou não um bilhete.
Uma das razões é aquela que mais importância tem ganho: a falta de paciência para o formato. Mas a principal é mesmo não haver um único cartaz que me cative, vêm algumas bandas/artistas de quem gosto mas não se cria uma noite imperdível.
E é triste porque ir a concertos tem sido sempre uma das minhas actividades preferidas, daquelas que a simples aproximação do dia me deixa contente da vida.
Ou seja é triste pela ausência de contentamento garantido. (sad, sad person)

Claramente sou eu que estou mal porque os bilhetes estão esgotados para praticamente tudo.

7 comentários:

estrela disse...

Nem todos os dias são bons e este ano não estás para aí virada!!!

L'Enfant Terrible disse...

E estamos em crise!

L'Enfant Terrible disse...

E estamos em crise!

L'Enfant Terrible disse...

E estamos em crise!

L'Enfant Terrible disse...

E estamos em crise!

GATA disse...

Bem, eu irei ao Alive ver FOO FIGHTERS e IGGY POP.

Ainda que seja uma gata 'concerteira', confesso que a idade já pesa... :-)

Mnemósine disse...

(pesa mas é mais no dia seguinte!)