21 junho 2011

Ódio de estimação CXVIII

Irrita-me não poder dizer as verdades a quem tinha de as ouvir.
Sou pelas conveniências, no sentido de não sermos inconvenientes e não no sentido de fazermos só o que nos convém, mas chateiam-me os tronos que impõem um falso respeito, o tal que cala.

Logo eu que refilo tanto a ter de mandar recado...

5 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

E essas coisas que ficam por dizer depois pesam tanto cá dentro!

L'Enfant Terrible disse...

E essas coisas que ficam por dizer depois pesam tanto cá dentro!

Benedita disse...

Eu às vezes digo-as mentalmente... não tem o mesmo efeito, mas... alivia um bocadinho. :/

GATA disse...

Como tenho um sentido de humor retrocido, ainda vou mandando uns 'chega para lá!' com um sorriso sacana... :-)

Johnny disse...

Também sou pela verdade e sem papas na língua, mas por vezes temos que contar até 10 e respirar fundo.