26 maio 2011

Amor de Perdição CXIV

Há pessoas com mau feitio e pessoas que o disfarçam. Dentro do mau feitio, há mau e mau...isto é, há gente bera, insuportável e coisas que tal, e depois há os outros que é só preciso apanhá-los com bons ventos ou ter um bocadinho de paciência.
Eu cá sou destes últimos.

Isto para dizer que dentro do meu feitiozinho me (ai caraças não dá para escrever que "me pélo pêla") vejo em pulgas quando sei que vou ter oportunidade de conviver com os meus pares. É um mimo, uma perdição.
Tenho a felicidade de ter um tiozinho que é assim como eu, mas mais refinado pois que já leva mais anos nisto, e não vos digo nem vos conto o que me divirto quando nos sentamos os dois e deixamos quem se senta connosco assim mais ou menos de cabelos em pé. É divertido, sei lá.

3 comentários:

GATA disse...

Eu considero-me boa pessoa mas tenho mau feitio. Não sou bera nem insuportável mas... não me provoquem e, sobre tudo, não me prejudiquem porque -como diz uma amiga- a Bastet dá lugar à Sekhmet! E depois não se queixem...

L'Enfant Terrible disse...

Quando me junto com um certo amigo meu dizem que parecemos os velhos dos marretas! Acho que isso dá uma ideia do meu mau feitio!

Benedita disse...

Eu sou bom feitio por natureza, mas se tiver que ser mau feitio, também tenho um geitinho especial! :P