14 março 2011

(sem título)

Bom, pela ordem natural das coisas, esta segunda-feira o meu post versaria sobre uma de três coisas: a manifestação, o Japão, alguma coisa interessante que tenha visto ou acontecido.
Ora a primeira: em todas as argumentações em que participei sobre a aflição (àrasquice) do que dizem ser uma geração não fui capaz de transmitir o meu ponto de vista aos meus interlocutores. Isso indica claramente que estou com problemas de comunicação. Ou que as pessoas não me deixam terminar as frases. Seja como for, não vale a pena ir por aí.
Do Japão: não me ocorre nada de remotamente útil ou esperto para dizer, pelo que me remeto ao lamento pelas pessoas e ao medo pela impotência.
De coisas interessantes: tal não me acontece e não tenho assistido a nada de assinalável. Fui ver o Rango, que é giro mas não aconselho a miúdos pequenos.

Assim sendo, gostava apenas de dizer uma coisa: não é novo ipad 2, é novo ipad ou ipad 2. Só há uma segunda versão, não há uma nova segunda versão.
(estava a irritar-me)

5 comentários:

Lilith disse...

Não sabes o que escrever? Hmm... que tal enxovalhar o governo por causa desta notícia?

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=473027

S* disse...

Para quem não percebe da poda, misturam-se os termos. Ipad 2, exactamente.

Mnemósine disse...

Ah Lilith, o golfe...esse desporto essencial à saúde de todos os seus praticantes.
Quando ouvimos dizer que os de cima sobem e os de baixo descem não podemos imaginar uma escada, isto é gente que sobe de elevador.

GATA disse...

Hummm... ide aos tablóides britânicos, arranjas logo assuntos interessantes! :-)

Di disse...

Eu não percebo como é q a compra de uma dock q tem um sub woofer q muda de cor não é a coisa mais interessante e genial de sempre! humph:

ihihihih :)