17 março 2011

Amor de Perdição CIV

A maioria das vezes não parece, mas eu gosto deste país.
Às vezes nem sei bem porquê mas depois lembro-me que não há assim tanta coisa a estragar, o problema é que os podres são as peças maiores.

4 comentários:

Inês disse...

Gosto tanto deste país, só não entendo o que o faz feliz!

http://www.youtube.com/watch?v=0bp-BnqGucA

L'Enfant Terrible disse...

E são cada vez mais!

ron disse...

nada o faz feliz, por isso temos o fado!

mas não nos podemos queixar, estamos num cantinho que até as desgraças fogem.

kisses

Patife disse...

"Isto não é um país, é um local mal frequentado", já dizia o outro senhor com jeito para palavras. ;)