07 fevereiro 2011

(sem título)

Com tudo o que se passa por todo o lado, no país e no mundo, em termos políticos, sociais, financeiros, económicos e tudo o resto, surpreendo-me quase diariamente quando ao fim de meia hora de noticiário começam as reportagens da treta.
Chamo-lhes da treta não por as achar de menor interesse, mas por reportarem temas de menor importância para o espectador. Facto é que há muito o que noticiar e na televisão o serviço desilude a cada dia.
Poder-se-ia dizer que se renovaram os formatos e se passou a organizar as noticias em ampulheta (abre com assunto prioritário e fecha com outro) mas não é o caso.
Surpreendo-me por teimosia (teimo em acreditar que os bons profissionais estão sempre na crista) e irrito-me por idealismo.

3 comentários:

GATA disse...

E a porcaria das chamadas de atenção para peças com o famoso "já a seguir", mas que geralmente é meia hora, 45 minutos depois, mesmo no fecho do telejornal??? Isso o Provedor do Espectador não vê!!!

Lilith disse...

A mim irrita-me é quando eles dizem "e vamos ao desporto", para depois só falarem de futebol. Como se não existissem outros desportos!

L'Enfant Terrible disse...

A maior parte das reportagens é apenas para encher e "vender"! Quem tem alguma cultura aborrece-se, quem não tem fica ali como um burro a olhar um palácio!