30 dezembro 2010

Amor de Perdição XCIII

Adoro esta nossa ilusão voluntária de que a mudança de ano pode trazer coisas boas. Como quem começa sem nada, começamos agora (no sábado) a contar do "1 do 1" e queremos isto e aquilo e vamos fazer e acontecer. É uma doce ilusão, condiz bem com a época que a precede, e sabe bem fingir por uns dias.

(esclareço: não tem ironia)

2 comentários:

Cat disse...

Acho que todos precisamos destes dias de ilusão mesmo sabendo que não passam disso mesmo.

L'Enfant Terrible disse...

E eu que podia jurar um traço de irónia neste post! Mas concordo em pleno, então nós humanos tugas que tanto nos gostamos de enganar!