23 novembro 2010

É o que temos, por cá

Sábado, 3h da manhã, 2ª circular.
Carros da polícia, bombeiros e ambulância. Um ligeiro virado ao contrário e com a frente completamente ardida (coisa boa não pode ter sido).
Uma equipa de bombeiros limpa a estrada.
Tudo normal. Até reparar que o método de limpeza da estrada consiste em varrer as coisas e atirar para o outro lado dos blocos de cimento que delimitam a estrada,  numa zona onde por acaso há árvores e mais à frente prédios e zonas de circulação.

Acho lindo.
Faz muito sentido. Não só no espírito da profissão que exercem e das campanhas que vão tentando fazer mas, sobretudo, no forte sentido cívico que os chamados soldados da paz ali presentes demonstram. 

Pegar num saco nem dava mais trabalho, o que torna tudo ainda mais triste de assistir.

(novamente, post programado que não foi publicado... começa a chatear-me)

2 comentários:

GATA disse...

É a 'lei do menor esforço', eu tenho um exemplar dessas criaturas no estaminé...

Carolina disse...

infelizmente, desde os senhores da tv cabo, passando pelos do inem e pelos das obras, acabando naqueles que , independentemente da profissão, cospem para o chão, temos aí toda uma panóplia de gente sem civismo.