25 novembro 2010

Amor de Perdição LXXXVIII

Adoro refilar, queixar-me e bater com o pé.

É libertador. Faço-o quase sempre apenas por isso, para exorcizar o que me irrita, e raramente esperando que me resolva as questões. 

Se refilo está tudo bem, se não refilo temos o caldo entornado.

(Sá não me digam que tenho que ter paciência que isso dá-me uns nervos...)

2 comentários:

GATA disse...

Uiii, também adoro refilar, exactamente porque é libertador!

E se tivesse poderes, refilava e 'despachava' quem me chateava! :-)

L'Enfant Terrible disse...

Refilar é o meu nome do meio! Aliás, acho que faz falta refilar neste país!