23 setembro 2010

Que mimo (à portuguesa)

Cito, do Público online:

"A escola de Lamego que, no ano passado, foi escolhida pela Microsoft para integrar a rede mundial de escolas inovadoras, fechou as portas. Os 32 alunos da EB1 de Várzea de Abrunhais - que dispunham de wireless e em cujas aulas os Magalhães trabalhavam conectados com o quadro interactivo - foram transferidos para um centro escolar onde não há telefone nem Internet."

O resto, aqui.

1.º: onde é que foi para o material?
2.º: com tanta polémica com as escolas que fecham (e eu até concordo que é preciso fechar algumas) esta foi a melhor maneira de se provar que o ministério não sabe o que faz. E não foi preciso mais ninguém mexer uma palha.

2 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

Não sabem o que fazem? Sabem pois, aposto que alguém ficou com o material em casa!

Leila Maria Margarida disse...

Então o material foi para casa do presidente... ou de um ministro qualquer, sabe-se lá xP