14 setembro 2010

Ódio de estimação LXXVIII

Odeio que me ofereçam coisas para a casa.
Por principio odeio que no Natal ou no aniversário escolham "para mim" uma coisa "para a casa". Logo eu que sou tão pouco dada a tudo o me podia aproximar de uma fada do lar ou mesmo de uma dona de casa que se dê ao respeito. Se é para mim é para meu uso pessoal, para eu gostar.
Mas também odeio que o façam fora das "festas"...eu é que sei como decorar a minha casa, se for para oferecer alguma coisa pelo menos que seja uma coisa que não empate ou que não tenha de ficar em exposição.

3 comentários:

Ana disse...

A minha mãe agora anda com a "pancada" de me querer comprar tudo para a casa. Cheguei ao meio termo - eu escolho primeiro e digo-lhe o que quero. E ela vai comprar. Ficamos as duas felizes lol

Beijinho :)

S* disse...

Coisas para a minha casa compro eu. E é isso.

GATA disse...

Idem Idem! Mas também te digo que foi 'sol de pouca dura'. Por volta dos meus 18 anos, as tias velhas tentaram começar o que seria o meu enxoval... mas bastou eu mostrar as unhas e acabou a ideia peregrina! :-)