13 julho 2010

Ódio de estimação LXXII

Odeio sentir a vergonha alheia.
Não por me incomodar que os outros façam figuras ridículas - porque se lhes sinto a vergonha é sempre por isso e essas pessoas não me merecem grande consideração- mas por perturbar a minha paz de espírito com a idiotice dos outros. Odeio o constrangimento que me provoca e o facto de o sentir e não me conseguir livrar dele.

4 comentários:

Ana Sousa disse...

É que é mesmo mesmo isso!! Tal e qual!

Miss Kin disse...

Ainda há bem pouco tempo tive essa conversa, sinto isso muito frequentemente e é tão desconfortável...

Di disse...

=S
posso fugir para debaixo de uma pedra?

ph disse...

e eu percebo-te tão bem!