21 julho 2010

O padre de Fafe

Uma história mesmo muito boa que me alegrou a noite de domingo quando via as noticias, esta

O espírito cristão no seu melhor.
O que se passou foi que o Bispo deu ordem para o padre ir pregar para outra freguesia, literalmente, e o povo não gostou. Até aqui tudo normal, percebo que as pessoas se afeiçoem ao padre, que quando pode não é só a pessoa que reza as missas mas também uma pessoa em quem se pode confiar, que ajuda no que pode etc (tomando como exemplo os padres que o são de facto). 
Mas o povo fica tão indignado que se organiza em excursão para ir ao Bispo...manifestar-se (atitude cristã). E o povo grita "o padre é nosso!o padre é nosso!" (espírito de partilha, espírito cristão) e ostenta cartazes onde se lê que, se o padre não voltar, o bispo "irá-se arrepender" (respeito pelo próximo, respeito pelos princípios da igreja que seguem).
Parece que deviam estar a dirigir-se ao arcebispo e não ao bispo (não sei, estou a ler o link acima) e ameaçam recorrer ao Vaticano (isso é democracia, não é igreja católica). Podem ter muita razão em querer manter o padre mas eu nem sequer consigo concentrar-me nisso quando, em nome da fé cristã, oiço que o padre é deles e vejo pessoas a tentarem invadir (com alguma violência) as instalações à porta das quais se manifestam.

4 comentários:

Rita disse...

Eu vi a manifestação à porta da igreja e já me chegou... :P
Eu acho maravilhoso que estas pessoas que se dizem tão católicas ponham em causa espancar o bispo ou sei lá mais o que é que aquelas mentes taradas querem dizer com "irá-se arrepender" e não temam a justiça divina. LOL!
Habemus paciencia! ;)

Fuschia disse...

Lol nada como um verdadeiro católico irado para começarem a rolar cabeças! :P

Mnemósine disse...

Fogueirinhas à moda antiga?

Zélia disse...

Ri-me taaaanto com o monte de católicos revoltados a aclamar ao santo padre de Fafe. Ui. xP





Sim vou para Lisboa e Obrigada por te mostrares tão prestável ^^