17 junho 2010

Amor de PerdiçãoLXVIII

Adoro quando por qualquer razão oiço uma música de que gosto e que não esperava ouvir naquele momento. Ou porque uma rádio decidiu fugir aos hits do momento e passar uma daquelas que passam raramente, ou porque um amigo me dá boleia e tem um cd que eu não ouvia há muito tempo a passar no carro, ou por outra coisa qualquer.

Ontem aconteceu-me com esta:

1 comentários:

GATA disse...

BOAS MEMÓRIAS MUSICAIS!

Ainda ontem 'andava' no site da Fnac e deparei-me com um livro do David Byrne!