25 maio 2010

Ódio de estimação LXV

Odeio que estranhos usem o meu telemovel.
E só me apercebi disto este fim-de-semana, quando uma pessoa que não conheço de parte alguma se passeava pelo corredor a falar pelo meu telefone e eu me lembrei daquela gordura que deixamos nos telefones quando estamos a falar durante um bom bocado e pensei...que nojoooo.

5 comentários:

ML disse...

Buuuuuuuh, que nojo!
Partilho este ódio de estimação!!

Desinfecta!!

almighty yellowphant disse...

Aahah mas se não te conhecem de lado nenhum porque te pedem o telefone emprestado? urgência? ok, mas deviam fazer isso rápido, não? afinal nao tem confianças nenhumas contigo...

Marta disse...

Hum...eu cá não empresto o meu a ninguém!
É MEU E SÓ MEU!

:)

Dora disse...

Ainda pro cima com o calor que aí vem...essa gordura toda no ouvido...

Paloma disse...

ahahah, tb noto nisso!