31 março 2010

Estado do Mund(inh)o*

1. Matou a madrasta grávida, por ciúmes. Tem 12 anos e arrisca pena de prisão perpétua (coisa que dificilmente acontecerá, digo eu) já que vai ser julgado como adulto. Mas não se preocupem, o pai não se arrepende de lhe ter oferecido uma caçadeira aos 11 anos. Aqui.

2. Cuidado piratinhas! Pelo módica quantia de 19 500 euros vai haver uma pessoa à caça dos piratas de conteúdos da Warner Brother Music. Imaginem quanto não valerá cada processo judicial para decidirem pagar este valorzeco. Aqui.

3. António Costa (presidente da CMLisboa) juntou na mesma sequência de ideias "irresponsabilidade política da oposição" e "gestão financeira". Assim de repente tenho duas palavras para o senhor presidente: Red Bull. Diz-lhe alguma coisa? E se eu disser Air Race? Também não...então eu lembro que no Porto o evento era quase totalmente financiado através de patrocínios e que em Lisboa foi assinado de chapa que a CML (enterrada em dividas até à bandeira) financiaria tudo. Aqui.

*Como sempre o leitor manda: se gostarem do formato, eu repito.

13 comentários:

Fuschia disse...

Aprovado o formato! :P

Não sabia disso do António Costa.Parece-me atitude de rico que não quer perder a posse, neste caso, querem que Lisboa esteja em todas, mesmo à custa de mais dinheiro que podia ser usado em..tanta coisa. E se não houver tanta aderência ao evento, como houve no Porto? É que ao Porto iam pessoas de Lisboa assistir, agora do Norte para ver cá...duvido.

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

O mundo = perdido...

(sim, continua, como não tenho TV nem sempre sei das coisas :D)

A Elite

a mulher certa disse...

Por isso é que gosto de ver filmes. E ler livros.

Gata Escaldada disse...

19500 euros brutos anuais na Inglaterra não me parece um contrato milionário...

Goldfish disse...

Bem, depois de ler na notícia que há 2,6 mil adolescentes a cumprir prisão perpétua nos EUA, não sei se não será condenado - mas gostei da falta de arrependimento do pai.

P.S. - Da outra vez que comentei, e acho que foi a primeira vez, nem disse o óbvio: gosto de ler o Ai que nervos!, e também gostei deste novo formato - como a Elite nem sempre leio as notícias daí e sempre vou sabendo do mais caricato, que é, afinal de contas, o que mais interessa.

Mnemósine disse...

Gata Escaldada: Pois realmente não é uma enormidade se for bruto/ano. Mas é considerado um estagiário e irão provavelmente escolher uma pessoa que se mova facilmente nestes meios pelo que será um trabalho potencialmente agradável!

Mnemósine disse...

Goldfish: Acho que mesmo que o miúdo seja condenado a perpétua deixam-no sair com condicional. Claro que fica com a vida lixada mas isso ficaria de qualquer maneira.
E gostava de saber como funciona lá nestes casos em que menores são condenados por grandes crimes, não me parece razoável misturar crianças com adultos nas prisões normais nem misturar homicidas com rufias de bar em reformatórios.

Mnemósine disse...

Fuschia: Desde o inicio achei uma péssima decisão tirar do Porto um evento que tinha imenso sucesso, depois foi esse pormenor de ser a CML a pagar tudo e continuo a achar que em Lx não vai ter tanta gente mas fico à espera para confirmar.
Espero que a seguir sejam razoáveis para "devolverem" a organização à CMP.

Sandra disse...

E pergunto-me eu... Mas será possivel que ninguém ganha juízo?

Eu vejo cada coisa neste mundo que me faz pensar nos limites da realidade e do imaginário...

Fico triste por andarmos numa fase tão avançada de estupidez e parvoice...

Beijo

Sandra disse...

E pergunto-me eu... Mas será possivel que ninguém ganha juízo?

Eu vejo cada coisa neste mundo que me faz pensar nos limites da realidade e do imaginário...

Fico triste por andarmos numa fase tão avançada de estupidez e parvoice...

Beijo

Goldfish disse...

Havia qualquer referência na notícia a nem sequer haver possibilidade de condicional... E é uma boa pergunta: estarão misturados com o resto da população do presídio? Terão escola lá dentro? Cruzes, uma pessoa até se sente mal só por pensar.

kakkawo disse...

Há dias que me recuso a ver telejornais, porque fico deprimida com o estado deste mundo (deles, não quero que seja o meu).

Carlos Rangel disse...

É óbvio que gosto! Aprovadíssimo!

Beijocas!