24 fevereiro 2010

O tema é velho mas os mails continuam a chegar-me

Num qualquer dia da semana passada recebi o mail mais estúpido de sempre. Foi a minha mãe que o reencaminhou para mim (de certezinha para me irritar ou provocar!). 
Consistia apenas no link para um vídeo no youtube (que não vou pôr aqui porque 1. recuso-me a contribuir para o número de visualizações do dito 2. apaguei imediatamente o mail). Esse vídeo era uma encenação de uma família pai-pai-filha, eles sentados no sofá observando a miúda a brincar no chão. Quando a miúda pergunta de onde vêm os bebés os pais ficam atrapalhados. Acabam por responder qualquer coisa do género "vêm da barriga de uma mulher"/"são feitos por uma mulher e um homem"/qualquer uma dessas respostas esquivas mas verdadeiras. Ao que a miúda responde que a amiga lhe disse que é preciso as pessoas serem casadas para terem um bebé, os pais respondem que não, não é preciso. E a miúda pergunta "então para que serve o casamento?" *
O vídeo é cortado para aparecer uma mensagem qualquer a dizer para não deixarmos que se deturpe o significado do casamento e mais qualquer coisa anti-casamento homossexual. 
Eu só pensei...a sério? Esse é o melhor "argumento" dos movimentos anti? Já por aqui disse que não percebo o que incomoda o povo que dois homens ou duas mulheres se casem mas, a sério, dizerem que é porque no casamento é que se tem filhos? E que isso é que é um casamento, ter filhos? A Solange F. teve o quê? 

*Nesta parte só pensei ...benefícios fiscais...

3 comentários:

Inês disse...

Porque a homofobia é um medo e qualquer medo é irracional. É por isso que os argumentos racionais não são nada efectivos e vídeos como esse hão-de continuar a repetir-se.

Fuschia disse...

Se calhar era mais uma dica subtil de mãe para filha: Dá-me netos!

Mnemósine disse...

Fuschia não tinha pensado nisso. Se foi o caso, foi demasiado subtil! (o que agradeço, que a conversa já enjoa)