28 fevereiro 2010

Nunca tal me tinha acontecido

Não me identifiquei com nenhuma das personagens.
Não me revi em nenhuma daquelas histórias.
Apenas remotamente partilhei aqueles sentimentos.

Mas, ainda assim, desde os primeiros segundos pensei e senti que este filme podia ter sido feito por mim. Era assim que eu gostava de fazer. 
Os planos, os pormenores, a luz, a montagem, o ritmo, a música, o silêncio....tudo..sou eu*.
 

*Porque será que quase tudo soa melhor em inglês?O que quero dizer é isto: That was all...so me. 

3 comentários:

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Deste-me ainda mais vontade de ver. Vou pensar em ti...!

A Elite

Madame Butterfly disse...

Quero muito ver este filme. Mas a lista é longa! Fiquei ainda mais curiosa depois da leitura do teu post, a ver se é amanhã!

continuando assim... disse...

tenho que ver !!

bj teresa