07 janeiro 2010

Amor de Perdição XLV

Gosto de começar a ler um livro.
Há todo um ritual em volta disso: Observar a capa, ler a contracapa (às vezes pela centésima vez), abrir, sentir o cheiro, ler as badanas, começar a folhear (uma folha de cada vez), voltar ao cheiro que é tão bom, começar a ler devagar e deixar-me entrar no ambiente, coisa que só bons autores e boas traduções são capazes de fazer acontecer.

6 comentários:

Fuschia disse...

No outro dia dei comigo a pensar o mesmo, mas em relação ao meu método rápido e (quase) infalível de selecção de livros que eu-hei-de-gostar-de-ler, na Fnac. Olho para a capa, contracapa, leio o que dizem sobre o mesmo e depois confiando no Destino, folheio aquilo à balda e leio alguns excertos. Tudo em segundos claro. Poderei chamar-lhe "selecção na diagonal".

ML disse...

Depois de escolher um local agradável e com boa luz para começar a ler um livro, também costumo fazer esse ritual: ver com todo o pormenor a capa, a ilustração, a contracapa, às vezes as partes internas das capas que contêm info's do autor, as dedicatórias, enfim.

Por vezes perco tanto tempo nessa descoberta, que só no dia seguinte é que o começo a ler!

Fazer o quê? :P

Saltos Altos Vermelhos disse...

também adoro! tenho de ir à Fnac

Madame Butterfly disse...

Adoooooooooro:) E comecei hoje um novinho em folha(s)!

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Sinto o mesmo quando compro um livro :)

Beijo meu ♥,

A Elite

Catherine disse...

Faço exactamente o mesmo, como que a prolongar um momento de prazer ;)