28 janeiro 2010

Ainda sobre o ministro Teixeira dos Santos

Eu não acho que o ministro tenha obrigação de baixar o salário dele. Mas, já que a questão lhe é posta (foi muito bem entalado porque a pergunta foi porque é que ele não faz como os ministros irlandeses que baixaram os seus próprios salários), pelo menos não tente atirar areia para os olhos das pessoas. Não é SE for necessário, é por demais óbvio que essa necessidade existe. Pelo menos diga logo que é um português igual aos outros e que também quer manter tantos tostões no bolso quanto lhe for possível.
Pessoalmente acho que devia haver um esforço no sentido de equilibrar os salários. Talvez congelar valores inferiores a 500/600€ seja exigir um esforço bastante grande e baixar superiores a 3500€ não seja sequer perto de um esforço (mesmo considerando que quem tem estes valores mensalmente opta por compromissos financeiros mais altos). No entanto, objectivamente, os ministros/gestores públicos não têm qualquer obrigação de baixar o próprio salário. 

4 comentários:

GATA disse...

Eu não congelava o salário do Ministro, eu congelava o Ministro!!! E já agora, também o PM!

Fuschia disse...

Por exemplo, eu concordo que se congelem os salários na Função Publica, mas não para quem ganha menos de 800€..

Este Blogue precisa de um nome disse...

Estou contigo e não abro :)

Muito bem dito. Aliás o exemplo tem que vir de cima. O que eles têm é uma missão - serviço público. Eles estão ali para servir o país e não para se servirem do país.

Carlos Rangel disse...

"Faz o que eu digo, não faças o que eu faço...". É uma autêntica vergonha...

Bjs!