30 novembro 2009

Ai eu!*

5 comentários

Estava tudo lindamente concebido, o concerto foi muito bom.
O Pavilhão Atlântico continua a não me conquistar.
E eu... eu estou cheia de ferrugem. Pareço uma velha.
E pensar que amanhã, que é hoje, às 6h15 tenho que estar a sair da cama...

*Como se diz na terra da minha mãe.

27 novembro 2009

Ele faz anos na segunda

10 comentários
e eu continuo sem ideias para o que lhe hei-de oferecer. Help!

26 novembro 2009

Amor de Perdição XXXIX

5 comentários

Chás. Amo!

25 novembro 2009

Alguém sabe se...

6 comentários
Há alguma incompatibilidade entre homens e copos? É que só isso explica esta coisa de (praticamente) todos os homens que conheço beberem da garrafa.
Sei que é agradável, eu também acho giro mas não o faço porque a) há mais quem vá beber daquela bebida e b)a garrafa é para ser reutilizada (garrafas de água).

24 novembro 2009

Ódio de estimação XXXIX

9 comentários

Andar carregada, ao melhor estilo burro de carga.
Dizem que o que tem de ser tem muita força e na-na-ni-na-na-na, eu é que não tenho assim tanta.
Não obstante, a minha mala de mão mais parece uma mala de viagem (de fim-de-semana).

23 novembro 2009

(sem título)

4 comentários
Não devo ser só eu a ter esta sensação de que, ultimamente, não há noticias que interessem verdadeiramente ao cidadão.
Há o caso Face oculta, que abanou um bocadinho as coisas quando chegou mas já se pôs a peneira na frente a tapar e, além disso, o Mário Soares até já disse que é um problema comezinho. As novidades nesse caso, apesar da sua gravidade [mas isto sou eu a dizer, olhem que o Soares é muito mais credível], podiam perfeitamente aparecer na revista Caras em vez dos jornais (a que gosto de chamar) sérios. E nos outros.
Há também a esperança (?) dos professores na nova ministra e na sua vontade de alterar o modelo de avaliação imposto. Mas, no fundo, tem sido tudo uma valsa. Anda um para a frente e o outro para atrás, a seguir trocam, depois giram, repetem, mas nunca se tocam. E a música tarda em acabar.
A gripe A tem também sido assunto, poucas vezes por razões agradáveis e nunca para esclarecer o povo, que isso não faz falta. Outra vez, tapa-se o sol com a peneira.

Talvez tudo isto seja muito mais do que me parece. Talvez pessoas mais esclarecidas se sintam num mundo em movimento quando abrem um jornal ou uma janela no seu browser. Eu não, e é tão triste.

20 novembro 2009

Actualização

6 comentários
Depois deste post, já lá vão uns meses, em que vos dizia que sou uma incapaz a comer com pauzinhos, achei por bem informar-vos que já sei.
É isso, a L. e a C. demoraram 2 minutos na sexta-feira passada.
Não é muito interessante, eu sei, mas não podia deixar-vos mal informados.

19 novembro 2009

Amor de Perdição XXXVII

4 comentários
Pessoas perspicazes.
É coisa para me fazer fã de alguém.
Aquela sensação de que o mundo está aqui mas aquela pessoa já está muito lá na frente. Que eu disse uma linha que todos perceberam mas que houve alguém que percebeu a página toda.
É gente porreira e, geralmente, gente que se diverte sem os outros perceberem bem porquê.

18 novembro 2009

Eu... (fui nomeada)

5 comentários
Diz a Deb (para onde é que linko??) que não posso fingir que não vi.

Eu já escolhi uma casa para ir morar com um "ele" sabendo que jamais isso iria acontecer.
E também já fiz uma lista de eu já's (nada de escandaloso).
Eu nunca vou parar de refilar (prometo).
Lista também nada escandalosa de nuncas
Eu sei muito menos do que gostaria.
Eu quero que o casamento homossexual seja aprovado. asap.
Eu sonho ter dinheiro que financie todas as minhas ideias. Nem sequer precisa ser meu, embora goste mais se for. Se alguém tiver dinheiro e quiser ideias....60%/40%?


Eu gostava de ler isto no blog de toda a gente que passa por aqui. Quero ver quem me faz a vontade. o_O
Eu juro que comecei uma lista com nomes, mas já ia demasiado longa. Façam lá a vontadinha, vá lá!

17 novembro 2009

Ódio de estimação XXXVIII

2 comentários
Odeio quem brinca com o trabalho dos outros. Sobretudo quando esses 'outros' sou eu, que tenho muito que fazer [e que não tivesse, sei bem com que me entreter] e não preciso de andar a perder tempo.

Aliás, a quantidade de vezes que paro para contar até 10 ou 20 ou 100 ultimamente não é nada saudável.
E eu que até queria escrever um post levezinho, quem sabe até com uma piaducha pelo meio.

16 novembro 2009

Pretenders

4 comentários
ou como eles pensam que nos enganam.
Ele começou hoje a trabalhar numa nova empresa.
Ele agiu sempre como se nada fosse, a partir do momento em que garantiu a transição pacífica.
Ontem encolheu os ombros quando recebeu uma sms dos pais a desejar-lhe boa sorte.
Ele deve achar que eu não reparei que vestiu o fato novo, com uma das camisas novas, em vez de um dos fatos que já tinha com uma das camisas do costume.
Deve também achar que não reparei que havia um frasco de perfume por abrir, há um mês ou mais, que foi aberto hoje.
Ou então acha que eu acredito que foi tudo uma coincidência!

Ahah! À próxima vez que se rir de mim por eu guardar uma peça para usar numa ocasião especial vai ouvi-las! Hoje não, hoje faço-me de moita e pergunto apenas como correu o dia.

15 novembro 2009

A caminho do Natal: report

1 comentários
Já comprei dois presentes: o meu para mim e o da minha mãe para mim.
Está a correr bem, não?
E ainda há o aniversário do sweetheart pelo meio.

13 novembro 2009

Dejá vu e isso tudo

9 comentários
Sou só eu a achar que este anúncio



é uma imitação descarada deste?

12 novembro 2009

Amor de Perdição XXXVII

3 comentários
Ganhar coisinhas.
Ou não fosse eu portuguesa.
Borlas, promoções e ofertas só pelos meus lindos olhos são coisinhas suficientes para me fazer ganhar o dia.
Só não me ponho em filas, isso não.


E claro que quando vejo gente em filas e amontoados só para ganhar uma amostra de não sei quê digo logo "esta gente, desde que seja grátis, até pontapés no cu". E claro que nestas alturas não me incluo na 'gente'.
De qualquer forma também não tento ganhar coisas que não me interessam. Como a outra que comprou 5 pijamas na feira só porque eram muito baratos e quando lhe disseram que não precisavam de pijamas ela disse que não fazia mal, ficavam para quando fosse preciso. Destas não faço.

10 novembro 2009

Ódio de estimação XXXVII

3 comentários
Odeio o ataque cerrado que se faz às crianças a partir desta altura do ano por meio de publicidade constante a brinquedos.
Brinquedos esses quase sempre inúteis.
Tento todos os anos, quando vou comprar a tralha para os filhos dos amigos e para o meu afilhado comprar brinquedos que conciliem o agrado dos pequenos com a aprendizagem ou o estímulo dos sentidos. Não se revela tarefa fácil, na maioria das vezes, mas consigo sempre alguma coisa e garanto que os miúdos ficam, de facto, agradados.
O meu maior desgosto (pequeno exagero, pronto) ainda é ter dado, Setembro passado, o Magalhães ao meu afilhado. Mas era o único que ainda não tinha um na sala dele, 'tadito.
(ainda não tive oportunidade de "testar" o computador mas desde que ouvi que tinha - tem? - erros de português que fiquei de cabelos em pé)

09 novembro 2009

shhh

3 comentários
Acho inacreditável a forma como praticamente todas as instituições públicas se fecham em si mesmas.
Ter acesso a informações financeiras, de gestão ou organização torna-se um bicho de muitas cabeças. São instituições públicas, não deviam estas informações ter esse carácter também?
Afinal quem é que as financia?
Depois dizem, a quem os queira ouvir, que o combate à corrupção vai ser intensificado.*


*E o que mais oiço nos noticiários é que a PJ isto e aquilo...posso ser muito ingénua, mas acho sempre que não há meios para fazer mais.

06 novembro 2009

Nice to know

10 comentários
Casa de banho de centro comercial. Local sempre agradável de visitar.
Esta, de que vou falar, não estava cheia. Mas não foi isso que me fez escrever.
Uma senhora segurança passeava-se, de cubículo em cubículo. Pelo espelho acabei por perceber o que fazia.
- Talvez seja útil dizer que aquelas casas de banho têm agora dispensadores de um qualquer líquido que serve para as pessoas limparem o tampo da sanita (como se alguém fosse sentar-se..) -
O que a senhora fazia era, então, ver se os dispensadores tinham líquido. Isto seria normalíssimo.
Mas a técnica era esta: aproximava-se da porta do cubículo
, levantava a perna e vá de carregar na patilha do dispensador com a sola do sapato.
Duplamente higiénico.
Se houver líquido cai no chão, quer haja quer não já está a patilha onde se põem as mãos conspurcada com aquilo que a senhora segurança tenha andado a pisar (podia exemplificar mas é desnecessário).
Portanto, senhoras, continuem a fazer a ginástica do WC público ou a levar a amiga que segura nas coisas, sim?

05 novembro 2009

Amor de Perdição XXXVI

1 comentários
Adoro as fotografias que os meus amigos põem no flickr. Porque são boas fotografias, mais do que por serem deles.
Mas chiu! Não lhes digam nada!

(não posso linkar porque não pedi autorização)

04 novembro 2009

It's a...er...a blog

17 comentários
Este blog faz hoje um ano.
É bom.
Gosto de aqui escrever, mesmo quando sei que o que escrevo não vale a pena ser lido.
É agradável saber que há alguém desse lado. Muito obrigada por isso. Mesmo!

Beijinhos e abracinhos (a quem se sentir mais fofinho)
E voltem sempre!

03 novembro 2009

Ódio de estimação XXXVI

4 comentários
Hora de ponta em transportes públicos.
Blharghh!
É o cheiro, é não ter espaço, é não conseguir respirar, é a falta de educação das pessoas.

----------
Ontem, nem hora de ponta era e o metro devia estar aí a meio da capacidade, um senhor muito bem educado decide berrar, e cito, "Vá toca a sair! Quem não quer sair, sai da frente".
Charming!

02 novembro 2009

Para pensar*

4 comentários
Esta notícia.
Caramba, que situação.

*E também para pedir a quem-quer-que-seja que nos livre de dificuldades semelhantes.

01 novembro 2009

Google Wave

9 comentários
Recebi um convite para o (preview) Google Wave! =D
Muito giro e tal... só me falta ter lá algum contacto..
Alguém está a usar?
Tenho 20 convites para quem quiser, é só mandar um mail. Mas se não quiserem mesmo usar ou se não estiverem para versões ainda em construção, o melhor é esperarem mais uns tempos.

Para quem não sabe que raio é isso do Google Wave pode ver alguma info aqui (página oficial) - se tiverem tempo para ver 1h20 de video (como eu tive, no Verão) vale bem a pena, se não, leiam só. No caso de não terem mesmo tempo nenhum, há sempre a definição da wikipédia.