03 novembro 2009

Ódio de estimação XXXVI

Hora de ponta em transportes públicos.
Blharghh!
É o cheiro, é não ter espaço, é não conseguir respirar, é a falta de educação das pessoas.

----------
Ontem, nem hora de ponta era e o metro devia estar aí a meio da capacidade, um senhor muito bem educado decide berrar, e cito, "Vá toca a sair! Quem não quer sair, sai da frente".
Charming!

4 comentários:

fuschia disse...

E depois cria-se aquela situação idiota em que uma pessoa está em frente à porta, não vai sair, não consegue ir para a esquerda nem para a direita porque há gente a sair dos dois lados e todas as pessoas de um lado e do outro gritam "porque é que não sai daqui?". E é fácil. Não sai, porque não tem para onde ir, a não ser para cima, logo que a raça humana desenvolva asinhas.

Margarida disse...

É a chamada hora da sardinha em lata...

GATA disse...

Ah, folgo em saber que também andas de transportes públicos, pensava que era só eu... :-)

O mau cheiro mata-me! No Verão é por causa do calor... No Inverno, é por causa de quê???

Mnemósine disse...

Fuschia: asinhas davam jeito, sempre cabiam mais umas pessoas!
Margarida: com óleo/azeite talvez a coisa funcionasse melhor..ou não.
GATA: ah pois ando! Isso ou à pendura. No inverno também é do calor, de andar a correr com a roupa toda vestida. E do trabalho, que isto é um país de gente trabalhadora (pelo menos aqueles que viajam em hora de ponta).