14 agosto 2009

Vamos, não vamos

(ainda nem saí de cá e vocês já devem estar fartos de ler sobre os preparativos para as férias)

Hoje, depois da primeira mala estar pronta (sou sempre eu que faço as malas dos dois), saímos porque o sweetheart queria ir a uma ATM mudar o código do cartão de crédito que tinha ido buscar um qualquer dia desta semana. Fomos os dois porque a noite estava boa, a casa está um inferno de quente e o banco mais próximo é no final da rua.
Ele: Espero que a máquina não me coma o cartão.. [ele diz isto praí 1/3 das vezes que vamos juntos a um multibanco]
Eu: Se pensares assim nunca usas cartões... [respondo sempre mais ou menos isto]

Já adivinharam, não é? O estupor da máquina comeu mesmo o precioso cartão de crédito!
Importa dizer que é o único cartão de crédito que temos (o dele) e que foi com ele que reservámos tudo-tudo para as férias que começam já neste Sábado.

Enquanto ele saltava, espingardeava palavrões no meio da rua e ia dizendo que isto só a ele, eu olhava para aquela porcaria que nem ai nem ui. Depois disse-lhe que ligasse para a linha do banco, cujo numero está no cartão MB.
[resumindo imenso]
Disseram-lhe que o sistema está preparado para anular cartões quando as máquinas os comem e era dada ordem de emissão de novo cartão.
Não, não isso não pode ser porque precisamos dele. Isso é que não. (não tenho a certeza, mas temo que nos cancelem os hotéis se o cartão não existir + há sítios em que o MB pode não funcionar).
Que ainda não estava cancelado.
Dados para aqui, dados para ali. Liguei à minha mãe a pedir que procurasse na net alguma coisa que pudesse ajudar. Conseguiu-nos o numero de fax daquela agência. A operadora do call-centre enviou para lá um fax a explicar a situação e amanhã de manhã logo vemos se há cartão ou não. Se não houver logo vemos como é que vai ser.
Com isto perdemos 1h.
Por agora, há alguém que não vai dormir nada...não sou eu, ou pelo menos espero não ser também.

E perguntam vocês para que é que era preciso mudar o código do cartão? Pois, não sei. Mas quem é que ia imaginar que isto ia acontecer?

6 comentários:

Patrícia disse...

LOL. Essa situação tb já me aconteceu, mas foi com o citibank, que funciona espectacularmente bem e veio um estafeta entregar-nos um cartão no dia seguinte. Espero que consigam resolver isso.

Cidchen disse...

Eia, que situação chata.
Que corra tudo bem, amanhã!

fuschia disse...

Pode ser que emitam um cartão temporário rapidamente.:/
Isso acontece-me sempre com a caderneta da CGD, naqueles dias em que não estou perto de casa e estou a ir para algum lado e decido ir levantar dinheiro. E direi que 90% das vezes a porra da máquina me fica com a caderneta. Por isso agora só a uso no trabalho ou perto de casa.

PQ disse...

Não precisas de pagar a reserva com o mesmo cartão, podes usar outro ou dinheiro vivo.

GATA disse...

Pois, eu ia perguntar porque raio o teu "sweetheart" se lembrou de mudar o código do cartão na ante-véspera da viagem?!... Bem, boa sorte e boa viagem, com ou sem cartão! :-)

Mnemósine disse...

PQ o meu problema era que que nos cancelassem as reservas por o cartão já não existir, já que é a única garantia deles..