24 julho 2009

Notas

Quando nos divertimos tanto a ler as "N. do T." como o próprio livro, isso é bom ou mau?

Até costumo gostar muito pouco, odiar mesmo (ódio de estimação XXI b), livros com muitas notas. Sobretudo quando há algumas que ocupam mais de metade da página. Mas afinal há excepções (~ão?).

2 comentários:

paddy disse...

Mau. Eu normalmente não gosto nada. O Moby Dick está cheio delas e são mesmo irritantes. Os tradutores chegaram a corrigir o que lá estava escrito e acrescentavam 'Provavelmente engano de Melville'.

Allie disse...

Gostares é bom, porque não te aborreces com aquela seca descomunal que é interromper a leitura para perceber melhor o contexto.