17 junho 2009

Ódio de estimação XVI

O som das travagens.
É horrivel. É incómodo.

6 comentários:

Debbie disse...

E os cães a ladrar que nem doidos numa noite convidativa a ficar na varanda a olhar para a lua!? Foi o meu ódio de estimação pessoal, acabadinho de sair do forno, grrrr!

Madame Butterfly disse...

E o som do cão do meu vizinho a brincar como o novo brinquedo de borracha q faz "hic hic" de cada vez que ele o aperta (que, de acordo com a minha última contagem - há um minuto atrás - era de dois em dois segundos)? Isto sim, é um ódio de estimação!

Mnemósine disse...

Sinto aqui uma conspiração anti-canina a florescer...

Miss Glitering disse...

E o c***** do gato da minha vizinha a miar toda a noite com o cio!! Fogo!

*

Monica disse...

É por essas e por outras que gosto muuuuito de gatos:-) Quanto ás travagens, partilho do teu "ódio". Instintivamente, esteja onde estiver, fico sempre á espera de ouvir o choque... Mas ódio mesmo, tenho a torneiras abertas e/ ou a pingar. E portas a bater e tons de voz uns decibéis acima do civilizado, crianças aos berros em supermercados e alarmes de carros que disparam ás duas da manhã... Em termos "auditivos", a lista é longa :-)

Sem Jeito disse...

..e aterrorizador, penso spr que é no meu carro que vão bater. encolho-me logo!
não querendo ser mazinha, cães a ladrar é mau, mas criancinhas a chorar uma noite inteira, ou aos berros durante o dia a saltarem e jogarem à bola por cima das nossas cabeças, é bem pior!