26 maio 2009

Nunca fiando

De manhã diziam os senhores da rádio que os senhores da EMEL hoje estavam em greve e por isso podíamos [eu não] estacionar à vontadinha que não ia haver multas. Alegria, alegria e tal.
Vou no metro descansadinha [sentada, portanto] e o jovem à minha frente atente o telemóvel e diz: "estou? olha diz à mãe que estão a rebocar carros aí ao pé."
Eu, por acaso, pensei logo que a policia se ia aproveitar da greve mas não quis agoirar.

0 comentários: