27 abril 2009

Generalizando

Eu ando muito cansada de brincar à crise e depois vou ao C.C.Colombo comprar prendas para as criancinhas aniversariantes (by the way, que tarefa difícil!) e é só gente e gente e sacos e sacos e um frenesim que não acaba.
E depois oiço alguém dizer que acha que isto pode muito bem vir a rachar (do género fome e coisas mesmo muito más e que pensamos que nunca nos vão acontecer nem passar pela frente dos nossos olhos) e não sei o que pensar.
Acho que não temos mentalidade para estas coisas de recessão, temos muito espírito de pobrezinhos coitadinhos mas deixar de gastar dinheiro é coisa que nunca faremos.
E é claro que muitos de vocês não se identificam nada com isto, eu também não, mas olhem à volta - não são só os ricos, não são só os pobres, não só famílias grandes nem famílias pequenas e também não só os que têm emprego.

4 comentários:

PQ disse...

A febre do consumo corre-nos já nas veias. Mas vê as coisas do seguinte modo, por muitas pessoas que vejas a consumir, há muitas mais, invisíveis que mesmo que o desejem, já não o fazem, porque não podem.

fuschia disse...

Com ou sem crise, as pessoas endividam-se até aos ossos por terem pouca noção do que precisam e do que têm.

Mnemósine disse...

Tens muita razão PQ e isso é preocupante também. Pessoas na miséria sempre tivemos mas o que lhes acontece quando todos estiverem lá perto?
Fuschia, exactamente.

Sugarfree disse...

Nada melhor do que ir aquecer a banda magnética em forma de protesto contra a crise! eheheh!