29 janeiro 2009

Contado ninguém acredita e eu que vi também não

Hoje no metro entrou um jovem, pôs-se de frente para a porta e fez a barba.
Foi só isso.
Era só ele, a porta da carruagem e a "gillette" (ou bic, seja o que for).
Quando acabou bateu com a lamina na porta e nas costas de um banco.
E quando se virou vi que tinha um olho feito em papa, do tamanho de uma bola de golfe e azul.
Era o que tinha para vos contar e juro que é verdade.

13 comentários:

Marisa disse...

Olha desses nunca encontrei! E não se cortou? É habilidoso.

vcrc disse...

Ora ai está! alguem calmo o suficiente para fazer a barba no metro, porquinho o suficiente para partilhar os restos com quem fica ao lado e stressado o suficiente para levar um pero no olhos... haverá coisa mais eficaz? naa..

Xázinho disse...

Quê?????

Mnemósine disse...

Pois! Não, não se cortou, que eu tenha dado conta.

Kitty Fane disse...

Creeedo!!!

É por pérolas dessas que de vez em qdo até bate uma nostalgia do tempo em q andava de trasnportes públicos. :-)

Rita Maria disse...

Eu, que tantas vezes passei uma gilette seca pelas pernas numa casa de banho de um café, acho que entre ele e eu é só uma diferença de lata...

Sugarfree disse...

Maravilhosa cena... Se há quem se maquilhe, porque não fazer a barba?
Haja descontração!?

Mnemósine disse...

Sendo lata a palavra chave!

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Falta apenas a foto!

Beijo meu ♥,

A Elite

Pólo Norte disse...

Medo.

paddy disse...

Eeww, e eu a achar que os que cortavam/limavam as unhas já eram estranhos o suficiente.

Charlotte disse...

eu já vi um no parque das Nações a fazer a barba na rua com uma maquina, tive de olhar 2x para ter a certeza que não estava a alucinar.

Sanxeri disse...

Jesus Cristo. Deus me livre. :|