07 novembro 2008

Falar demais

Há coisas que de tanto serem ditas se tornam banais. De tanto as ouvirmos deixamos de lhes dar atenção: são apenas um conjunto de sons a que não atribuímos qualquer significado - um estimulo para dizer sim/não/está bem.
É por isso que há coisas que não devemos dizer muitas vezes, para não esquecermos o que escondem.
Às vezes ele sabe, ela sabe e então só quando é preciso ouvir é que é preciso dizer.
Não é? Pois.

0 comentários: